Buscar

Saúde Mental: Pânico em época de corona vírus

Já temos várias informações dos órgãos oficiais da saúde pública sobre o que é o

covid-19, quais prejuízos pode causar e a forma de diminuir o contágio.


A obrigatoriedade do isolamento, as mudanças de hábitos emergenciais e o medo de adoecer gravemente afeta a saúde mental de todos em maior ou menor grau, sendo o pânico algo que devemos nos preocupar e muito.


O pânico é um problema de saúde mental grave que acarreta sofrimento além do normal para a pessoa acometida e pode gerar problemas no meio social .


O que o pânico acarreta para a pessoa que vive esse quadro?


1. Baixa imunidade – o pânico gera estresse em todo seu organismo, diminuindo a sua imunidade. Baixa imunidade acaba te deixando mais em risco em relação a todos os tipos de vírus. Baixa imunidade piora o quadro da virose.

2. Gastos desnecessários- seja de energia física como financeiro: tem pessoas comprando além do que precisa para se proteger de algo que não tem como se proteger, o monstro da sua mente, esse monstro mental criado pelo pânico pode ser fatal em alguns casos.

3. Pessoas em pânico saem de si e podem se machucar ou machucar outros.


O que você pode fazer para sair desse quadro emocional de pânico:


1. Busque ajuda de um profissional em saúde mental, seja da psicologia ou médico psiquiatra. Sugiro você buscar atendimento psicológico online com profissionais credenciados pelo Conselho Federal de Psicologia, alguém de sua confiança. Caso queira saber com


2. Não acreditar nas postagens de Whatsapp que visam trazer informações deturpadas, mentirosas em que muitos casos visam trazer pânico. Busque informações em órgãos oficiais como no ministério da saúde ou da Organização Mundial de saúde. Evite compartilhar o que recebe dessas mensagens duvidosas, se não é de órgão de pesquisa oficial, esqueça.


3. Evite ficar muito tempo online nas redes sociais ou vendo telejornais que trazem a tragédia como fonte principal de informação, esses tipos de telejornais é um desserviço à sociedade.


4. Busque aproveitar seu tempo assistindo séries, ouvindo músicas, lendo livros, aprendendo um novo idioma, praticando meditação, jogando videogame etc.


5. Se ainda assim angústia ou medo persistir, busque iniciar sua terapia online com psicóloga de confiança.


Tudo isso é momentâneo, vai passar.


Assinado uma psicóloga que está em quarentena social e familiar por conta de suspeita de corona vírus.


© 2017 Psicologia Aplicada Online , Responsável técnica Daniele Lopes da Silva CRP.05/50429